fbpx
Filtros genéricos
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt

A Compra do Ano 2023: Revelando os Melhores Carros em 20 Categorias

Em meio a tantas opções de carros para comprar, separamos para você A Compra do Ano 2023: Revelando os Melhores Carros em 20 Categorias!
A Compra do Ano 2023: Revelando os Melhores Carros em 20 Categorias

Sumário

No dinâmico mundo automotivo, cada ano traz consigo uma avalanche de novos modelos, tecnologias inovadoras e designs vanguardistas que deixam os entusiastas de carros ansiosos por descobrir qual será a “Compra do Ano”. O ano de 2023 não é exceção, prometendo uma seleção extraordinária de veículos que abrangem desde carros compactos até SUVs luxuosos e veículos elétricos de última geração.

Neste cenário fascinante, surge a oportunidade de explorar e eleger os melhores carros em 22 categorias distintas, abrindo portas para experiências de condução excepcionais e inovações que moldarão o futuro da indústria automotiva.

Em um mercado saturado de opções, escolher o carro ideal muitas vezes se torna uma tarefa desafiadora. É nesse contexto que a lista “Compra do Ano 2023” assume um papel crucial, proporcionando aos consumidores insights aprofundados sobre os veículos que se destacam em suas respectivas categorias.

Desde veículos compactos e econômicos até SUVs familiares espaçosos, os critérios de avaliação abrangem desempenho, segurança, eficiência energética, inovações tecnológicas e design, proporcionando uma visão holística das opções disponíveis.

As categorias cuidadosamente selecionadas abrangem todo o espectro automotivo, refletindo as diversas necessidades e preferências dos consumidores modernos. Entre os destaques, estão os carros esportivos que oferecem emoção e desempenho excepcionais, os veículos elétricos que estão transformando a mobilidade sustentável e os SUVs que combinam elegância com funcionalidade.

Cada categoria é uma janela para um universo automotivo único, onde fabricantes competem para oferecer o que há de melhor em termos de engenharia, inovação e design.

Além das características técnicas, a lista “Compra do Ano 2023” também destaca as tendências emergentes que estão moldando a indústria automotiva. A transição para veículos elétricos e a incorporação de tecnologias autônomas são tendências que continuam a ganhar destaque, influenciando significativamente as escolhas dos consumidores.

A conectividade avançada, os sistemas de assistência ao motorista e as soluções de entretenimento inovadoras também se tornaram critérios essenciais para avaliar o valor de um carro no cenário atual.

Ao explorar os melhores carros em 22 categorias distintas, os consumidores terão a oportunidade de mergulhar no universo automotivo de 2023 e fazer escolhas informadas que atendam às suas necessidades e desejos específicos.

A lista “Compra do Ano” não apenas destaca os líderes em desempenho e tecnologia, mas também reconhece o compromisso das montadoras com a sustentabilidade, segurança e experiência do usuário. Ao fazê-lo, busca-se não apenas informar, mas também inspirar, criando uma narrativa emocionante em torno das conquistas notáveis da indústria automotiva no ano de 2023.

Portanto, convidamos você a embarcar nessa jornada emocionante através das 22 categorias que revelam os melhores carros do ano. Da adrenalina dos carros esportivos à praticidade dos veículos utilitários, esta é uma oportunidade de descobrir os tesouros automotivos que definirão o padrão em 2023, guiando os consumidores rumo à realização de suas aspirações sobre rodas.

A “Compra do Ano 2023” está prestes a ser revelada, e com ela, um panorama emocionante do que há de melhor na indústria automotiva moderna:

HATCH URBANO: RENAULT KWID

No cenário automotivo brasileiro, excluindo os veículos elétricos, apenas dois representantes da categoria de hatches urbanos se destacam: o Renault Kwid e o Fiat Mobi. Ambos têm alternado o título de Compra do Ano. Esses subcompactos, comumente denominados hatches urbanos no Brasil, diferem dos populares city cars europeus, como o VW up!, Subaru Vivio, Kia Picanto e Daihatsu Cuore.

Apesar das dimensões compactas, os hatches urbanos são populares por sua praticidade, sendo ideais para uso na cidade devido ao seu tamanho que permite estacionamento fácil em qualquer vaga. Além disso, podem servir como o primeiro carro para jovens motoristas, um veículo extra na garagem ou uma opção mais econômica para quem busca um carro zero-quilômetro, mesmo que com preços superiores a R$ 60 mil.

A Compra do Ano 2023: Revelando os Melhores Carros em 20 Categorias

Atualmente, o destaque na categoria é o Renault Kwid, que passou por uma significativa atualização. A dianteira recebeu melhorias, incluindo DRLs em LEDs integrados às setas, uma peça cromada e faróis de dupla parábola. Na traseira, as lanternas apresentam assinatura de LED.

A cabine foi aprimorada com um novo cluster que incorpora velocímetro digital e conta-giros em todas as versões. A central multimídia também é nova, incluindo botão de volume giratório, marcador de temperatura, comandos satélite e suporte para Android Auto e Apple CarPlay.

Embora tenha perdido a versão de entrada, o Kwid continua disponível na atraente versão “aventureira” Outsider, que possui elementos de estilo SUV. Todas as versões mantêm bons ângulos de ataque e de saída, além de uma boa distância do solo (18,5 cm), proporcionando versatilidade para lidar com diferentes condições de condução, desde estradas de terra até os obstáculos urbanos.

Entre as novidades, destacam-se o prático auxílio de partida em rampas e o crucial controle eletrônico de estabilidade. O motor 1.0 aspirado de três cilindros, embora tenha apenas 71 cv, oferece uma condução ágil na cidade, graças ao peso leve do veículo (até 825 kg) e às relações de marcha curtas.

O consumo é notável, alcançando até 18 km/l (gasolina) na cidade, graças ao indicador de troca de marchas e ao sistema start-stop, características que se tornam ainda mais valiosas em tempos de preços elevados de combustíveis.

Disponível em quatro versões – Zen, Intense, Intense Pack Biton e Outsider – o Renault Kwid oferece uma variedade de opções para atender às preferências e necessidades dos consumidores. Com potência modesta, mas eficiência notável, e uma gama de recursos modernos, o Kwid destaca-se como uma escolha atraente na categoria de hatches urbanos no Brasil em 2023.

VERSÕES

  • Zen R$ 62.790
  • Intense R$ 66.490
  • Intense Pack Biton R$ 68.990
  • Outsider R$ 69.990
  • Potência 71 cv
  • Porta-malas 290 litros
  • Consumo A
  • Versões indicadas Zen ou Outsider

HATCH COMPACTO: HONDA CITY HATCHBACK

No universo dos proprietários de Honda Fit, uma discussão sobre o novo Honda City Hatchback revela a saudade de recursos específicos, como os dois porta-luvas característicos do monovolume. A reclamação destaca a perda de praticidade, especialmente em relação ao porta-malas mais reduzido do City Hatchback, que tem 268 litros, contrastando com o modelo anterior no Brasil.

Apesar de incorporar algumas características tradicionais da plataforma do Fit, como a flexibilidade dos bancos, o City Hatch não é considerado seu substituto direto. Essa distinção tem gerado críticas entre os entusiastas do Fit, que se sentem “órfãos” do monovolume querido.

A Compra do Ano 2023: Revelando os Melhores Carros em 20 Categorias

A Honda, contudo, decidiu entrar no segmento de hatches compactos com o City Hatchback, buscando uma fatia do mercado com vendas mais volumosas. Ao comparar o modelo com concorrentes como Volkswagen Polo e Chevrolet Onix, os preços são considerados justos. As versões, especialmente a Touring, impressionam pela riqueza de equipamentos, incluindo sistemas semiautônomos avançados e uma central multimídia ágil e conectada.

Embora o porta-malas do City Hatch seja menor que o de alguns rivais, destaca-se o amplo espaço no banco traseiro, beneficiado pelos 2,60 metros de entre-eixos e 4,34 metros de comprimento, superando até mesmo o SUV Honda HR-V. A acessibilidade é facilitada por portas grandes e com boa abertura.

A cabine, embora não apresente materiais nobres como o Peugeot 208, campeão do ano anterior, é bem montada, com um painel parcialmente digital e um volante bonito e com comandos organizados.

Em termos de dirigibilidade, a suspensão do City Hatch se destaca pelo equilíbrio entre conforto, dinâmica e robustez. O novo motor 1.5, um quatro cilindros moderno com 126 cv e injeção direta, associado a um câmbio CVT de sete marchas simuladas, proporciona suavidade, desempenho adequado e consumo eficiente.

Apesar das qualidades, o modelo recebe críticas pelo ruído elevado do motor em acelerações mais intensas e pelo tanque de combustível de capacidade limitada, o que restringe a autonomia. No geral, o Honda City Hatchback marca a entrada decidida da Honda no segmento de hatches compactos, oferecendo uma opção bem-equipada e equilibrada, embora suscite discussões entre os saudosos fãs do Honda Fit.

VERSÕES

  • EXL R$ 115.500
  • Touring R$ 124.500
  • Potência 126 cv
  • Porta-malas 268 litros
  • Consumo A
  • Versão indicada Touring

HATCH PREMIUM: MERCEDES-BENZ CLASSE A

Após conquistar as últimas duas edições da Compra do Ano, o Mercedes-Benz Classe A enfrentou uma competição mais acirrada este ano, especialmente com a chegada da nova geração do Audi A3 Sportback. Enquanto o Classe A ainda destaca-se pela cabine espetacular e acabamento primoroso, seu design externo considerado cansado o coloca em competição direta com o excelente BMW 135i e a renovada proposta da Audi.

O Audi A3 Sportback 2.0, vendido por R$ 270.000, apresenta uma cabine moderna e atraente, custando consideravelmente menos que o Mercedes-Benz A 250 de 225 cv, vendido por R$ 340.000, ambos com tração dianteira. No entanto, apesar do desafio representado pela nova concorrência, o Mercedes-Benz Classe A conquista o tricampeonato, mantendo seu apelo especialmente devido às versões preparadas pela AMG, seguindo a tradição dos hot hatches.

A Compra do Ano 2023: Revelando os Melhores Carros em 20 Categorias

A dirigibilidade impecável do Mercedes-AMG A 35, com 306 cv e 400 Nm, é destacada como um equilíbrio perfeito entre desempenho e usabilidade, oferecendo uma opção intermediária entre a versão de entrada e o potente A 45 S AMG, com impressionantes 421 cv e 500 Nm.

Ambos hot hatches contam com direção de relação variável, sistema de escape ativo para uma sonoridade marcante, rodas aro 19 e, no caso do A 45 S, um visual mais agressivo, sistemas semiautônomos e alguns mimos adicionais.

Os números de desempenho revelam a capacidade impressionante desses hot hatches, com o A 35 atingindo os 100 km/h em 4,7 segundos e o A 45 S registrando incríveis 3,9 segundos, além de uma velocidade máxima de 250 km/h e 270 km/h, respectivamente.

Esses modelos não apenas impressionam pela performance, mas também oferecem uma experiência única, com características que remetem aos saudosos V8 aspirados da AMG e elementos visuais distintivos, tornando-os verdadeiros hatches capazes de rivalizar com superesportivos.

VERSÕES

  • A 250 R$ 340.900
  • A 35 4MATIC R$ 453.900
  • A 45 S 4MATIC+ R$ 530.900
  • Potência 224 a 421 cv
  • Porta-malas 370 litros
  • Consumo B a E
  • Versão indicada A 35

SEDÃ COMPACTO: HONDA CITY

O novo Honda City, seguindo os passos do bem-sucedido Nissan Versa na última Compra do Ano, destaca-se como um sedã compacto-médio notável. Com um aumento de quase 10 cm no comprimento, tornou-se o maior da categoria, oferecendo amplo espaço no banco traseiro e um porta-malas espaçoso de 519 litros.

Embora não seja um substituto direto do Civic, o City desempenha, em parte, o papel de preencher o espaço deixado pelo irmão mais velho na linha da Honda. Enquanto o Civic passa por uma renovação em uma nova geração, importado, híbrido e mais caro, o City adota um visual que se assemelha ao do Civic, com um capô mais alto e uma barra cromada robusta. Seu principal desafio é enfrentar concorrentes de peso, como Nissan Versa, Hyundai HB20S, Chevrolet Onix Plus e VW Virtus.

A Compra do Ano 2023: Revelando os Melhores Carros em 20 Categorias

O City mantém sua abordagem racional, focando na relação custo-benefício, mesmo na versão Touring, que integra tecnologia avançada, incluindo um assistente de manutenção em faixa. Este recurso permite que o carro seja conduzido praticamente sozinho. Apesar do apelo tecnológico, o City permanece fiel à sua reputação de oferecer um excelente custo-benefício.

Diferentemente da versão hatchback mais recente, o sedã City tem uma longa presença no mercado e goza de uma excelente reputação, com melhorias recentes. A suspensão recebeu stop hidráulico para proporcionar uma condução mais suave e robusta, enquanto a cabine apresenta um acabamento aprimorado, incluindo um painel digital moderno e uma central multimídia mais rápida e conectada, com suporte para Android Auto e Apple CarPlay sem fio.

Destacando-se na parte mecânica, o Honda City opta por um motor quatro cilindros de 1.5 litros, desenvolvendo 126 cv e 155 Nm, com injeção direta e sistemas i-VTEC e VTC. Apesar de não adotar os motores tricilíndricos turbo comuns, o desempenho do City é competitivo, ficando próximo dos rivais turbinados em aceleração e retomada, com a vantagem de uma condução mais suave e eficiência de combustível aprimorada.

O câmbio CVT também recebe elogios pela simulação de marchas melhorada e um recurso que contribui para o freio motor. O conjunto mecânico resulta em uma experiência de condução suave, econômica e altamente racional.

VERSÕES

  • EX R$ 113.200
  • EXL R$ 121.200
  • Touring R$ 130.900
  • Potência 126 cv
  • Porta-malas 519 litros
  • Consumo A
  • Versão indicada Touring

SEDÃ MÉDIO: TOYOTA COROLLA

Desde a última edição da Compra do Ano, as mudanças entre os sedãs médios foram mínimas. Volkswagen Jetta e Chevrolet Cruze permanecem inalterados, o novo Nissan Sentra ainda não foi lançado, e o Honda Civic nacional se despediu do Brasil, com a nova geração programada para o final do ano.

O bicampeão Toyota Corolla teve como único concorrente novamente o Caoa Chery Arrizo 6 Pro, que, embora competente, carece de ajuste fino e não representa uma ameaça significativa ao best-seller da Toyota.

A Compra do Ano 2023: Revelando os Melhores Carros em 20 Categorias

Apesar de poucas alterações na linha 2023, o Toyota Corolla manteve sua proeminência. A principal melhoria foi a inclusão do pacote Toyota Safety Sense em todas as versões, adicionando recursos essenciais de segurança, como frenagem de emergência, assistente de manutenção em faixa, faróis altos automáticos e piloto automático adaptativo (ACC), anteriormente disponíveis apenas nas versões mais caras.

O Corolla, em tempos de combustíveis caros, destaca-se pela sua versão híbrida, que combina um motor 1.8 flex a combustão com unidades elétricas, proporcionando um consumo superior a 20 km/l na cidade com gasolina. Para os que buscam desempenho, o modelo oferece versões com o moderno motor 2.0 flex de ciclo Atkinson, injeção direta e indireta, produzindo até 177 cv, em conjunto com o câmbio CVT de dez marchas virtuais, proporcionando uma condução mais esportiva.

A introdução da suspensão traseira independente nesta geração não comprometeu a robustez do Corolla, tornando-o mais prazeroso de dirigir. O acabamento interno é elogiado, e as versões mais caras incluem ar-condicionado dual zone, embora faltem freio de mão elétrico e saídas de ar-condicionado para o banco traseiro.

Apesar de pequenos defeitos, como a ausência de alguns recursos, o Toyota Corolla manteve seu brilho e conquistou o tricampeonato na Compra do Ano. Uma recomendação é aguardar pelo retorno da central multimídia original, pois a falta de chips tem levado a reclamações sobre modelos com um sistema lento e sem Android Auto e Apple CarPlay.

VERSÕES

  • GLi R$ 146.390
  • XEi R$ 152.690
  • Altis Premium R$ 175.390
  • GR-Sport R$ 176.590
  • Altis Hybrid R$ 177.590
  • Altis Hybrid Premium R$ 187.090
  • Potência 123 ou 177 cv
  • Porta-malas 470 litros
  • Consumo A
  • Versões indicadas GLi e Altis Hybrid

SEDÃ PREMIUM: MERCEDES-BENZ CLASSE C

O novo Mercedes-Benz Classe C é um símbolo de conforto absoluto, destacando-se pelos ajustes elétricos precisos dos bancos dianteiros, que incluem movimentos quase imperceptíveis do encosto, assento e apoio lombar para evitar fadiga em viagens longas. As versões AMG Line apresentam um acabamento impecável na cabine, com detalhes em fibra de carbono, teto solar duplo, sofisticada iluminação em LEDs e isolamento acústico primoroso.

A Compra do Ano 2023: Revelando os Melhores Carros em 20 Categorias

A experiência sensorial é aprimorada pelas belas telas do cluster digital configurável e da central multimídia, mesmo sem cobertura. A vitória do Mercedes-Benz Classe C não foi fácil, considerando a concorrência do arquirrival BMW 330e, que oferece um sistema híbrido plug-in mais potente e a capacidade de rodar apenas com eletricidade. O Classe C adota uma abordagem de híbrido leve, com opções de motor 1.5 turbo de 204 cv e 300 Nm no C 200 e 2.0 turbo de 258 cv no C 300.

Os motores-geradores recuperam energia em desacelerações, utilizando os 20 cv (C 200) ou 27 cv (C 300) e 200 Nm para aprimorar o desempenho ou reduzir o consumo, dependendo do modo de direção escolhido. A combinação mecânica, aliada ao câmbio de nove marchas, garante suavidade e desempenho consistente.

No modo Eco, o Classe C desliga o motor a combustão quando o pedal do acelerador é aliviado, aproveitando a inércia e religando-o de maneira imperceptível. A dirigibilidade é admirável, com uma dinâmica equilibrada, comportamento neutro e intervenções eletrônicas apenas nos limites.

VERSÕES

  • 200 AMG Line R$ 348.900
  • 300 AMG Line R$ 396.900
  • Potência 204 ou 258 cv
  • Porta-malas 455 litros
  • Consumo A e B
  • Versão indicada 200 AMG Line

SEDÃ DE LUXO: BMW SÉRIE 5

O BMW Série 5, especificamente o modelo 530e M Sport, destaca-se como vencedor na categoria após o término das vendas do Volvo S60. O BMW se beneficia da falta de opções híbridas plug-in entre os rivais tradicionais, como Audi A6 e Mercedes Classe E. O 530e M Sport oferece a capacidade de carregamento na tomada comum ou wallbox, proporcionando um equilíbrio notável entre alto desempenho e baixo consumo.

O modelo pode operar como um veículo 100% elétrico em velocidades de até 140 km/h, com uma autonomia elétrica urbana entre 40 e 50 km. Isso possibilita rodar indefinidamente na cidade sem consumir gasolina. Em testes de viagem entre São Paulo e Campinas, o sedã alcançou uma média de 25,9 km/l, demonstrando eficiência tanto em modos elétricos quanto híbridos.

A Compra do Ano 2023: Revelando os Melhores Carros em 20 Categorias

O segredo do BMW Série 5 reside no conjunto de motor 2.0 turbo de 184 cv e 300 Nm, associado a um motor elétrico dianteiro, totalizando 292 cv e 420 Nm. O overboost eleva a potência para 332 cv por dez segundos no modo Sport, permitindo uma aceleração de 0 a 100 km/h em 5,9 segundos. Este desempenho excepcional coexiste com uma ênfase na economia e no conforto.

O interior do BMW Série 5 é notável, com bancos dianteiros espetaculares, acabamento impecável e uma extensa lista de equipamentos, incluindo assistentes de direção avançados e uma central multimídia repleta de recursos, complementada pelo som Harman Kardon de alta qualidade.

VERSÕES

  • 530e R$ 446.950
  • Potência até 332 cv
  • Porta-malas 410 litros
  • Consumo A
  • Versão indicada Versão única

STATION WAGON: AUDI RS6

A Audi RS 6 Avant destaca-se como uma das três opções de peruas alemãs remanescentes em um cenário onde os SUVs dominam. Com 600 cv e 800 Nm de torque, acelerando de 0 a 100 km/h em 3,6 segundos, a RS 6 Avant se posiciona como uma superperua com desempenho excepcional.

A quarta geração da RS 6 Avant chegou ao Brasil no ano passado, apresentando um visual notavelmente belo, rodas de aro 22, saídas de escape imponentes e extratores aerodinâmicos generosos. Seu conjunto motriz é um potente motor V8 biturbo de 4.0 litros, originário da Lamborghini.

A Compra do Ano 2023: Revelando os Melhores Carros em 20 Categorias

Os modos de condução oferecem uma ampla gama de experiências, desde uma condução suave e econômica até um desempenho dinâmico, com um ronco impressionante do motor em modo Dynamic. A suspensão ajustável proporciona tanto conforto em velocidades mais baixas quanto rigidez em altas velocidades e curvas, com a capacidade de realizar drifts eletronicamente graças à tração quattro.

Além do desempenho esportivo, a RS 6 Avant oferece praticidade para o uso diário, com um porta-malas espaçoso de 565 litros, tampa motorizada e modos de direção personalizáveis. A cabine ostenta materiais de alta qualidade, como aço escovado, fibra de carbono, Alcantara e bancos de couro perfurado com ventilação.

VERSÕES

  • RS 6 Performance R$ 1.119.990
  • Potência 600 cv
  • Porta-malas 565 litros
  • Consumo E
  • Versão indicada Versão única

AVENTUREIRO: FIAT PULSE

SUV ou Aventureiro? Se departamentos de marketing têm a função de vender carros, nós, jornalistas, temos o dever de informar sobre eles. Então, a Fiat pode vender o Pulse como SUV, mas ele não é bem isso – fica mais para um crossover.

Assim como o VW Nivus, vencedor da última edição, é adaptação de um hatch. Lembram-se dos Fiat Adventure? Aqui a maquiagem é mais profunda, além dos adereços plásticos, somando, cada um a seu modo, alterações em suspensão, faróis, capô e/ou coluna e/ou tampa traseira.

A Compra do Ano 2023: Revelando os Melhores Carros em 20 Categorias

E se o Nivus nasceu do Polo, o Pulse veio do Argo – e dele empresta grande parte da plataforma, teto, lateral, portas e parte da cabine. O design usa truques que dão uma impressão de maior tamanho (“size impression”), fazendo o hatch, olhando de fora, de fato se parecer com um SUV.

Mas tal impressão passa assim que se entra na cabine. Por mais que dê para subir bem o banco do motorista, você fica mais baixo do que nos demais SUVs compactos, quase na mesma altura do Argo Trekking (e o vão livre do solo é similar, na faixa de 19/20 cm).

Mas talvez a Fiat tenha mudado o carro no que mais interessa, principalmente ao público jovem: a central multimídia é ótima, com tela grande (8,4”, com opcional de 10,1”), conectividade sem fio e SIM integrado (opcional a partir da 1.3 AT), que permite usar navegação e informações de trânsito do Google no navegador nativo, sem conectar celular. A versão top ainda tem sistemas semiautônomos.

Na mecânica, o moderno três cilindros Firely 1.0 turbo tem até 130 cv e 200 Nm e o câmbio CVT, novidades na Fiat, garantem um excelente desempenho e fazem o Pulse um bom candidato a desafiar o Nivus (R$ 118.350 iniciais).

Mas é melhor apostar nas versões com o ainda mais econômico quatro cilindros 1.3 de 107 cv, que fazem dele o “SUV” mais barato do Brasil, único automático na faixa de R$ 100 mil (enquanto o manual custa R$ 94.990). Detalhe: são quase os mesmos valores do hatch aventureiro Stepway 1.6 AT – do qual, vale notar, a Renault tirou o prenome “Sandero”, para também vender como SUV.

VERSÕES

  • Drive 1.3 R$ 94.990
  • Drive 1.3 AT R$ 101.990
  • Drive Turbo R$ 109.990
  • Audace Turbo R$ 114.990
  • Impetus Turbo R$ 126.590
  • Potência 107 cv
  • Porta-malas 340 litros*
  • Consumo Inmetro A ou B
  • Versão indicada Drive 1.3 AT

SUV COMPACTO: HYUNDAI CRETA

O Hyundai Creta “Nova Geração” conquistou o prêmio Compra do Ano 2023, superando concorrentes como o Volkswagen T-Cross e Chevrolet Tracker. Enquanto a primeira geração continua à venda como Creta Action, o novo modelo, introduzido no ano passado, representa mais de 80% das vendas.

A vitória foi atribuída à coragem da marca coreana em adotar um design ousado, mesmo que inicialmente peculiar. O Creta “Nova Geração” destaca-se pelo porte, bom aproveitamento de espaço e, nas versões Platinum e Ultimate, um teto panorâmico impressionante. O acabamento, embora utilize plásticos duros, recebe elogios por materiais macios onde necessário e por um design atraente.

A Compra do Ano 2023: Revelando os Melhores Carros em 20 Categorias

O Creta oferece uma lista de equipamentos competitiva desde a versão Comfort, com adições tecnológicas e de conectividade ao subir de nível, incluindo recursos como painel digital, câmeras 360 graus, bancos ventilados e uma central multimídia grande e conectada. As versões mais avançadas, como a Ultimate, apresentam sistemas semiautônomos.

VERSÕES

  • 1.6 Action R$ 107.190
  • 1.0 Comfort R$ 116.490
  • 1.0 Limited R$ 130.790
  • 1.0 Platinum R$ 144.590
  • 2.0 Ultimate R$ 161.690
  • Potência 120 a 167 cv
  • Porta-malas 422 litros
  • Consumo C
  • Versões indicadas Comfort e Platinum

SUV MÉDIO: TOYOTA COROLLA CROSS

O Toyota Corolla Cross foi escolhido como a Compra do Ano 2023 na categoria de SUVs compacto-médios, superando concorrentes como Jeep Compass, Caoa Chery Tiggo 7 Pro e VW Taos. Apesar da forte concorrência do Jeep Compass, o Corolla Cross se destacou pelo acabamento, robustez e pela disponibilidade de opção a diesel com tração 4×4.

O Toyota Corolla Cross oferece versões híbridas nacionais e acessíveis, tornando-se uma escolha atrativa em um momento em que os preços dos combustíveis estão elevados. Com mecânica e plataforma semelhantes ao sedã Corolla, o modelo híbrido do Corolla Cross é elogiado por sua economia de combustível, suavidade e conforto.

A Compra do Ano 2023: Revelando os Melhores Carros em 20 Categorias

Para aqueles que buscam maior agilidade na estrada, a versão com motor 2.0 aspirado também oferece bom desempenho e eficiência de consumo.

Apesar de alguns defeitos, como um acabamento inferior em comparação com o sedã, suspensão com eixo de torção que decepciona em curvas, freio de estacionamento por pedal e detalhes polêmicos, o conjunto e as opções mecânicas do Toyota Corolla Cross o tornaram a escolha destacada na categoria de SUVs compacto-médios.

VERSÕES

  • 2.0 XR R$ 158.780
  • 2.0 XRE R$ 170.250
  • 2.0 GR-Sport R$ 188.490
  • Hybrid XRV R$ 194.400
  • Hybrid XRX R$ 202.180
  • Potência 123 ou 177 cv
  • Porta-malas 440 litros
  • Consumo A
  • Versão indicada Hybrid XRV

SUV PREMIUM: VOLVO XC60

O Volvo XC60 foi eleito como a Compra do Ano 2023 na categoria de SUVs médio-grandes premium, superando o concorrente BMW X3. Ambos os modelos se destacam pela eletrificação, sendo híbridos plug-in, e compartilham características semelhantes, como comprimento, entreeixos, tração integral e uma extensa lista de equipamentos.

A estratégia de eletrificação deu resultados notáveis, com o Volvo XC60 sendo o híbrido plug-in mais vendido no Brasil em 2022, registrando 3.367 emplacamentos. O BMW X3, embora tenha ficado em segundo lugar na categoria de SUVs médio-grandes premium, também obteve bom desempenho, com 812 unidades vendidas.

A Compra do Ano 2023: Revelando os Melhores Carros em 20 Categorias

Ambos os modelos oferecem a capacidade de funcionar como carros 100% elétricos por cerca de 40 quilômetros, proporcionando uma experiência silenciosa e livre de emissões. Além disso, eles podem alternar para o modo híbrido em viagens mais longas, combinando os motores para alcançar médias de consumo notáveis, superando 20 km/l tanto na cidade quanto na estrada de acordo com o teste padrão do Inmetro.

O Volvo XC60 se destacou na categoria não apenas pelo preço, mas principalmente pela mecânica. Equipado com um motor 2.0 turbo e supercharger, além de um motor elétrico traseiro, oferece potência significativamente maior em comparação ao BMW X3.

Com 407 cv e 640 Nm, o XC60 acelerou de 0 a 100 km/h em 5,3 segundos, superando o X3, que registrou 6,1 segundos. Além disso, o XC60 oferece uma autonomia mais ampla com seu tanque de 70 litros, em comparação aos 50 litros do BMW X3.

A atualização visual recebida no ano anterior, a melhoria na conectividade com o sistema Android Automotive, a cabine “clean”, o teto panorâmico e os avançados sistemas semiautônomos contribuíram para o destaque do Volvo XC60 na categoria de SUVs médio-grandes premium.

VERSÕES

  • T8 Inscription R$ 389.950
  • T8 R-Design R$ 429.950
  • Polestar Engineered R$ 456.950
  • Potência 407 cv
  • Porta-malas 468 litros
  • Consumo A
  • Versão indicada Inscription Expression

SUV DE LUXO: MERCEDES-BENZ GLS

O Mercedes-Benz GLS 450 foi eleito como a Compra do Ano 2023 na categoria de SUVs de luxo, superando opções como o Aston Martin DBX e outras notáveis concorrentes. A escolha pelo GLS 450 foi baseada no conforto excepcional que oferece, priorizando o espaço, a qualidade dos materiais e as inovações tecnológicas.

O GLS 450, embora não seja tão exclusivo ou rápido quanto o Aston Martin DBX, impressiona pelo custo-benefício, sendo aproximadamente um terço do preço do concorrente. Este SUV representa a versão SUV do luxuoso Mercedes-Benz Classe S, mantendo os padrões elevados de luxo e sofisticação.

A Compra do Ano 2023: Revelando os Melhores Carros em 20 Categorias

Ao entrar e sair da cabine, o GLS 450 proporciona conforto adicional com um sistema de sucção que fecha suavemente as portas. O interior é espaçoso, oferecendo lugar para sete adultos, com amplo espaço garantido pelos 5,20 metros de comprimento e 3,14 metros de entre-eixos. Os detalhes de alta qualidade e os materiais luxuosos reforçam a atmosfera refinada do veículo.

Recursos notáveis incluem um sistema de GPS com realidade aumentada, bancos dianteiros com aquecimento, ventilação e massagem, e ajustes elétricos em diversas partes, incluindo a segunda fileira com privacidade assegurada por persianas de acionamento elétrico.

O GLS 450 é um híbrido leve, equipado com um motor seis cilindros em linha de 3.0 litros turbo, associado a um motor elétrico de 20 cv e 250 Nm. Essa combinação fornece 367 cv e 500 Nm, permitindo uma aceleração de 0 a 100 km/h em 6,2 segundos. No entanto, o destaque vai além da potência, com foco no conforto ao rodar.

O sistema de suspensão a ar ajustável, com câmeras e sensores que detectam irregularidades na estrada e preparam a suspensão para neutralizá-las, contribui para uma experiência de condução excepcionalmente suave. Além disso, o GLS 450 oferece o modo Curve, que prepara o veículo inclinando a carroceria para o lado oposto das curvas, proporcionando uma condução mais estável.

Esses recursos contribuíram para a escolha do Mercedes-Benz GLS 450 como a Compra do Ano 2023 na categoria de SUVs de luxo.

VERSÕES

  • 450 4MATIC R$ 912.900
  • Potência 367 cv
  • Porta-malas 890 litros
  • Consumo E
  • Versão indicada Versão única

PICAPE MONOBLOCO: FORD MAVERICK

A Ford Maverick foi eleita como a Compra do Ano 2023 na categoria de picapes monobloco, destacando-se por seu desempenho, eficiência e versatilidade. Com seus 5,10 metros de comprimento, a Maverick se destaca no segmento de picapes, propondo um equilíbrio entre conforto, economia e capacidade off-road.

A base da Maverick é derivada do Bronco Sport, e ela compete diretamente com versões a diesel e 4×4 da Fiat Toro, especialmente a Volcano, na faixa de preço de aproximadamente R$ 210.000. Apesar das semelhanças, a Maverick se diferencia, principalmente, em termos de desempenho.

A Compra do Ano 2023: Revelando os Melhores Carros em 20 Categorias

Equipada com um motor 2.0 turbo de 253 cv e 380 Nm, a Maverick demonstra um desempenho notável, acelerando de 0 a 100 km/h em 7,2 segundos, superando concorrentes como a Fiat Toro. Além disso, apresenta um consumo moderado, marcando 12 km/l na estrada e 7,5 km/l na cidade.

A tração dianteira da Maverick, com acionamento do eixo traseiro conforme necessário, proporciona uma excelente performance off-road. A picape também se destaca pela pegada mais esportiva, oferecendo curvas surpreendentes e suspensões mais confortáveis em comparação com outras picapes.

Apesar da cabine relativamente baixa, a Maverick compensa com mais espaço no banco traseiro do que as picapes médias tradicionais e um porta-objetos inteligente sob o banco traseiro.

O acabamento interno, embora simples, oferece recursos como ar-condicionado bizona, sete airbags, frenagem automática de emergência e sistema multimídia. A Ford Maverick, com seu equilíbrio entre desempenho, eficiência e versatilidade, conquistou o título de Compra do Ano 2023 na categoria de picapes monobloco.

VERSÕES

  • Lariat FX4 R$ 233.310
  • Potência 253 cv
  • Caçamba 943 litros ou 617 kg
  • Consumo C*
  • Versão indicada Versão única

PICAPE MÉDIA: CHEVROLET S10

A Chevrolet S10 recebeu o prêmio de Compra do Ano 2023 na categoria de picapes sobre chassi. No segmento, que atualmente aguarda por novas gerações, a S10 destacou-se entre as opções disponíveis. A concorrente mais recente, a Nissan Frontier 2023, chegou após a data de corte para o prêmio.

Além disso, a RAM 1500, embora ofereça luxo, capacidade off-road e recursos interessantes, apresentou desvantagens como alto consumo, dificuldades em curvas e capacidade de carga inferior à de uma Fiat Strada.

A Compra do Ano 2023: Revelando os Melhores Carros em 20 Categorias

Diante desse cenário, a disputa ficou entre a Toyota Hilux e a Chevrolet S10, ambas reestilizadas em 2020 e populares no mercado. Ambas possuem motores a diesel, turbina de geometria variável e opções de câmbio manual na versão de entrada, além de automático de seis marchas nas demais. A potência e torque da Hilux foram elevados para 204 cv e 499 Nm, alinhados com os 200 cv e 500 Nm da S10, mas esta última é mais rápida no 0-100 km/h.

A Chevrolet S10 Z71, uma nova versão baseada na LT, foi destacada como uma opção que faz mais sentido. Apresentando um visual aventureiro/esportivo com elementos como santantônio exclusivo, estribos integrados à carroceria, apliques plásticos nos para-lamas e pneus todo-terreno, a S10 Z71 oferece um interior simples, mas mantém a robustez e a dirigibilidade característica de picapes “de verdade”, ideais para uso off-road.

Além disso, a S10 Z71 é uma escolha mais acessível em comparação com outras opções topo de linha, proporcionando uma excelente relação custo-benefício.

VERSÕES

  • 2.8 LS 4×4 MT R$ 238.290
  • 2.8 LT 4×4 AT R$ 267.890
  • 2.8 Z71 4×4 AT R$ 280.090
  • 2.8 LTZ 4×4 AT R$ 291.550
  • 2.8 HIGH COUNTRY 4×4 AT R$ 302.890
  • Potência 200 cv
  • Caçamba 1.329 litros
  • Consumo Inmetro D
  • Versões indicadas Z71 e High Country

ESPORTIVO: FORD MUSTANG MACH-1

O Ford Mustang Mach 1 foi eleito o vencedor na categoria de Esportivos na premiação Compra do Ano 2023. Ao decidir entre o Porsche 911 GT3 e o Ford Mustang Mach 1, a preferência recaiu sobre o Mustang, que oferece uma experiência de condução prazerosa e emocionante.

Apesar da era de eletrificação e da presença de esportivos elétricos como o Audi RS e-tron GT, o Mustang Mach 1 conquistou a equipe pela sua abordagem mecânica retrô. Equipado com tração traseira e um motor V8 Coyote 5.0 sem turbo, eletrificação ou truques, o Mustang Mach 1 entrega uma potência de 483 cv a altas 7.250 rpm e 556 Nm a 4.900 rpm. Essa configuração proporciona uma brutalidade pura e uma sonoridade incomparável.

A Compra do Ano 2023: Revelando os Melhores Carros em 20 Categorias

O Mustang Mach 1 destaca-se não apenas pelo design retrô, que chama a atenção nas ruas, mas também pela sua mecânica única. Com elementos mecânicos do Shelby GT350, o Mach 1 oferece uma experiência de dirigibilidade brutal e divertida, combinando ruído e pureza, conectando o passado e o presente de maneira equilibrada. A suspensão eletromagnética garante conforto surpreendente, ao mesmo tempo em que se mantém firme para uma direção agressiva nos modos esportivos.

A aceleração do Mustang Mach 1 até 100 km/h em 4,3 segundos é elogiável, mas o destaque reside na capacidade do carro de proporcionar diversão ao volante, convidando o motorista a pisar fundo e explorar sua performance em curvas. Essa combinação de potência, design, e experiência de condução contribuiu para a escolha do Ford Mustang Mach 1 como o vencedor na categoria de Esportivos na Compra do Ano 2023.

VERSÕES

  • Mach 1 R$ 553.180
  • Potência 483 cv
  • Porta-malas 382 litros
  • Consumo D
  • Versão indicada Versão única

CUPÊ-CONVERSÍVEL: PORSCHE 718

O Porsche 718 foi premiado na categoria de Cupês e Conversíveis na Compra do Ano 2023. Nessa categoria, que reúne modelos oferecidos tanto com carroceria cupê quanto conversível, o Porsche 718 destacou-se entre os raros modelos disponíveis no mercado nacional.

O prêmio foi conferido às dez versões do Porsche 718, incluindo o cupê Cayman e os conversíveis Boxster e Spyder. A característica excepcional desses modelos reside na dinâmica extremamente equilibrada, impulsionada principalmente pelo motor central. Essa característica os torna até melhores em termos de dinâmica do que o renomado Porsche 911.

A Compra do Ano 2023: Revelando os Melhores Carros em 20 Categorias

Os Porsche 718 oferecem diversas opções de potência e torque, permitindo que os clientes escolham de acordo com suas preferências e orçamento. As versões de entrada e T possuem um motor 2.0 turbo boxer com quatro cilindros contrapostos, proporcionando 300 cv e 380 Nm, acelerando de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos e atingindo uma velocidade máxima de 275 km/h.

As versões equipadas com o motor boxer aspirado de quatro litros e seis cilindros contrapostos, como o Boxster GTS 4.0, oferecem uma sonoridade espetacular e potência de 400 cv e 430 Nm. Além disso, há versões mais potentes, como o Spyder e o GT4, com 420 cv e 500 cv, respectivamente.

A versão GT4 RS, com 500 cv e 450 Nm, foi mencionada como uma opção nascida para track days. Entre as diversas opções, o Boxster GTS 4.0 foi destacado como uma escolha que une o prazer de condução conversível à mecânica mais equilibrada em termos de preço. No geral, o Porsche 718, em suas várias configurações, foi reconhecido como uma opção que oferece o melhor dos dois mundos, tanto em termos de cupês quanto conversíveis.

VERSÕES

  • Cayman R$ 455.000
  • Boxster R$ 475.000
  • Cayman T R$ 479.000
  • Boxster T R$ 499.000
  • Cayman GTS 4.0 R$ 589.000
  • Boxster GTS 4.0 R$ 609.000
  • Cayman GT4 R$ 705.000
  • Spyder R$ 739.000
  • Cayman GT4 RS R$ n/d
  • Potência 300 a 500 cv
  • Porta-malas 125 a 275 litros
  • Consumo B/C
  • Versão indicada GTS

Para saber mais sobre o Seguro Automóvel Neon Seguros clique aqui.

Cotação Seguro Automóvel

Gostou do artigo A Compra do Ano 2023: Revelando os Melhores Carros em 20 Categorias Compartilhe…

Gostou do artigo A Compra do Ano 2023: Revelando os Melhores Carros em 20 Categorias Compartilhe…

Continue lendo outros artigos relacionados: