fbpx

Central de Ajuda

Perguntas Frequentes

Filtros genéricos
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt

Dúvidas frequentes

Temos diversos artigos nas categorias listadas abaixo.

document.addEventListener('DOMContentLoaded', function () { const currentUrl = window.location.href; const categories = [ { id: 'e-n-accordion-item-1910', url: 'automovel-central-de-ajuda' }, { id: 'e-n-accordion-item-1911', url: 'residencial-central-de-ajuda' }, { id: 'e-n-accordion-item-1912', url: 'empresarial-central-de-ajuda' }, { id: 'e-n-accordion-item-1913', url: 'vida-central-de-ajuda' }, { id: 'e-n-accordion-item-1914', url: 'celular-central-de-ajuda' }, { id: 'e-n-accordion-item-1915', url: 'rc-profissional-central-de-ajuda' } ]; categories.forEach(category => { if (currentUrl.includes(category.url)) { const accordionItem = document.getElementById(category.id); if (accordionItem) { accordionItem.setAttribute('open', 'open'); } } }); });
Central de AjudaAutomóvelSinistroIndenização integral

Indenização integral

A indenização integral no seguro automóvel ocorre em situações em que o veículo segurado sofre danos irreparáveis, como em casos de roubo, furto ou quando os custos de reparo ultrapassam 75% do valor total do veículo. Nesses casos, não é viável ou econômico recuperar o veículo, tornando-se necessária a indenização total.

No caso de roubo ou furto, o segurado deve comprovar a ocorrência por meio da apresentação do Boletim de Ocorrência (BO) registrado na autoridade policial competente. O BO é um documento que registra oficialmente o crime e serve como prova do sinistro junto à seguradora. Sem a comprovação do roubo ou furto, o processo de indenização não pode prosseguir.

Quando o sinistro é comprovado, a seguradora realiza a avaliação do valor do veículo com base na tabela FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas). A tabela FIPE é uma referência amplamente utilizada no mercado para determinar o valor médio de veículos usados em diferentes estados e cidades do país. O valor da indenização é geralmente calculado com base no valor do veículo na tabela FIPE do mês vigente em que ocorreu o sinistro.

É importante ressaltar que, antes de efetuar o pagamento da indenização integral, a seguradora pode solicitar a entrega de documentos adicionais, como a documentação do veículo, para verificar se não há pendências legais ou financeiras que impeçam o pagamento integral do valor.

Uma vez comprovado o sinistro e cumpridos todos os requisitos exigidos pela seguradora, o segurado terá direito ao recebimento do valor total do seu veículo, conforme determinado na apólice do seguro. Esse valor será utilizado pelo segurado de acordo com sua conveniência, seja para a aquisição de um novo veículo, quitação de financiamentos ou para outras finalidades.

É importante destacar que, em algumas situações, podem ocorrer descontos no valor da indenização integral. Por exemplo, se o veículo possuir parcelas de seguro em aberto ou impostos atrasados, esses valores podem ser descontados do montante a ser recebido pelo segurado. Multas ou outras pendências financeiras também podem ser abatidas do valor da indenização.

Outras dúvidas que podem ser úteis:

Como funciona a franquia de seguro automóvel

A franquia de seguro automóvel é um elemento essencial na relação entre o segurado e a seguradora. Ela é aplicada em casos de sinistro parcial, quando o veículo sofre danos que podem ser reparados, e não em casos de sinistro total, nos quais o veículo é considerado irrecuperável ou os danos ultrapassam um determinado percentual do valor do veículo.

Leia mais »