fbpx

Central de Ajuda

Perguntas Frequentes

Filtros genéricos
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt

Dúvidas frequentes

Temos diversos artigos nas categorias listadas abaixo.

Central de AjudaAutomóvelSinistroIndenização parcial

Indenização parcial

A indenização parcial é acionada quando o veículo segurado sofre danos que podem ser reparados, mas o custo desses reparos não ultrapassa 75% do valor total do veículo. Essa situação é comum em colisões ou outros incidentes que resultam em danos parciais ao automóvel.

Quando o segurado identifica os danos em seu veículo, deve acionar imediatamente a seguradora para dar início ao processo de indenização parcial. A seguradora realizará uma vistoria para avaliar a extensão dos danos e verificar se o valor necessário para o reparo não ultrapassa o limite estabelecido.

Uma vez confirmada a indenização parcial, o segurado terá duas opções para o reparo do veículo. Ele pode optar por levar o veículo a uma oficina referenciada pela seguradora, que são estabelecimentos parceiros da empresa e seguem padrões de qualidade pré-estabelecidos. Essas oficinas geralmente possuem um processo de atendimento mais ágil e oferecem benefícios adicionais, como desconto na franquia ou maior período de carro reserva.

Caso prefira, o segurado também pode escolher uma oficina de sua confiança para realizar os reparos. Nesse caso, a seguradora deverá aprovar previamente o orçamento da oficina e pode exigir a apresentação de mais documentação para a comprovação dos danos e dos custos estimados.

Em ambos os casos, o segurado terá que arcar com a franquia, que é o valor previamente estipulado no contrato do seguro e representa a participação financeira do segurado no processo de indenização. O valor da franquia é descontado do total da indenização, e a diferença é paga pela seguradora diretamente à oficina mecânica responsável pelos reparos.

É importante ressaltar que o conserto do veículo só deve ser iniciado após a aprovação da seguradora e a comunicação formal dos procedimentos a serem realizados. Caso o segurado inicie o reparo sem a autorização da seguradora, corre o risco de não ser indenizado.

Ao acionar a seguradora para uma indenização parcial, o segurado deve fornecer todas as informações necessárias sobre o sinistro, como local, data e descrição dos danos. Além disso, é importante seguir os prazos e procedimentos estabelecidos pela seguradora para que o processo de indenização ocorra de forma adequada.

Outras dúvidas que podem ser úteis:

Sinistro Parcial vs. Sinistro Total

Ao lidar com sinistros no seguro automóvel, é comum ouvir os termos “sinistro parcial” e “sinistro total”. Essas categorias são utilizadas pelas seguradoras para determinar a extensão dos danos e definir como será feita a indenização ou reparo do veículo sinistrado. Vamos entender melhor a diferença entre sinistro parcial e sinistro total.

Leia mais »

Como funciona a franquia de seguro automóvel

A franquia de seguro automóvel é um elemento essencial na relação entre o segurado e a seguradora. Ela é aplicada em casos de sinistro parcial, quando o veículo sofre danos que podem ser reparados, e não em casos de sinistro total, nos quais o veículo é considerado irrecuperável ou os danos ultrapassam um determinado percentual do valor do veículo.

Leia mais »

O que é a cobertura Roubo e Furto?

A cobertura para roubo e furto no seguro automóvel é uma modalidade de proteção que visa ressarcir o segurado em caso de perda total ou furto. Essa cobertura abrange uma série de situações, desde a subtração do veículo em si até a apropriação indébita de seus acessórios e equipamentos.

Leia mais »