fbpx

Seguro para Suzuki

O Seguro para Suzuki cobre danos parciais ou perda total por colisão, roubo/furto ou incêndio causados ao veículo segurado.

Fundador

Michio Suzuki nasceu em 1887 na província de Hogawa, no Japão. Em 1909, ele fundou uma empresa que produzia teares para as grandes fábricas têxteis japonesas. Ele chamou essa empresa de Suzuki. Ele aproveitou os campos de seda da sua família e os transformou em um negócio lucrativo.

Com o passar dos anos, Suzuki continuou inovando a tecnologia dos teares. Ele chegou a construir um que tecia até 10 vezes mais rápido que um tear normal.

Seguro para Suzuki em Osasco
Imagem : Reprodução / Wikipedia

Início da Marca

Não contente com as restrições impostas pelo governo à manufatura de seda, Michio Suzuki se lançou no mundo dos automóveis e começou a conhecer melhor essa tecnologia. Em 1936, ele havia desenhado um protótipo. 

Porém, devido a Segunda Guerra Mundial, seus equipamentos foram confiscados pelo exército a fim de ajudar as tropas nacionais. Depois da Guerra, a Suzuki foi uma das muitas empresas japonesas beneficiadas pelo “milagre econômico”. Em 52, a montadora lançou seu primeiro veículo, uma espécie de moto com 36 cilindradas.

Seguro para Suzuki em Pirituba
Imagem: Reprodução / rewindandcapture.com

O nome deriva, com obviedade, do seu fundador e o nome de sua família.

O “S” pontiagudo estampado nas frentes dos carros da montadora japonesa foi escolhido em 1958, em um concurso entre estudantes de artes para desenhar a logomarca da fabricante.

Seguro para Suzuki em Santo André
Imagem: Divulgação / Suzuki

Primeiro Modelo

O primeiro carro da marca tomou as ruas em 1954. Foi o Suzulight, carro responsável pela posterior febre japonesa de “kei cars” – carros bem pequenos, pensados para as estreitas ruas japonesas.

O Suzuki Suzulight comportava 4 pessoas e não passava dos 100km/h.

Seguro para Suzuki em São Bernardo do Campos
Imagem: Reprodução / motor1

Produção no Brasil

A Suzuki não tem mais uma fábrica própria no Brasil. No ano de 2015, a marca japonesa anunciou o fim das atividades do complexo de Itumbiara, Goiás, alegando “reestruturação do seu modelo de produção”.

A Mitsubishi, marca conterrânea e coligada à Suzuki, produz em seu complexo em Catalão, Goiás,  o utilitário Jimny com peças importadas. Todos os outros veículos da marca são importados, o que justifica seus preços mais acentuados.

Seguro para Suzuki em São Caetano
Imagem: Reprodução / meionorte.com

Unidades Vendidas

De acordo com o “Auto Informe”, a fabricante japonesa emplacou no Brasil, em 2017, 2.058 carros. Esse número reflete um crescimento quatro vezes acima do mercado.  Nesse mesmo ano, o Suzuki Jimny foi o 2° carro importado mais vendido no país, foram 216 unidades.

Seguro para Suzuki em Diadema
Imagem: Divulgação / Suzuki

Elétricos e Híbridos

A fim de se enquadrar nos novos limites de emissão de CO2 no Japão, a Suzuki começa a “hibridizar” seu carros e caminha para um futuro 100% elétrico.

Na Europa, o Vitara, o S-Cross e o Swift Sport já têm sistemas de combustão mista. Com sistema elétrico de 48 volts e bateria de íons de lítio, o conjunto opera com motor turbo a gasolina de 1,4 litro e resulta em uma diminuição de até 20% na liberação de gases poluentes.

No Brasil, a marca nipônica ainda não tem modelos híbridos à venda.

Seguro para Suzuki em São Paulo
Imagem: Divulgação / Suzuki

Curiosidade

A criação do Suzuki Vitara deriva de uma necessidade da marca, e não uma vontade, como costuma ser. Um dos carros mais famosos da Suzuki foi o Samurai, um típico kei car que ficou famoso por seu desempenho em trilhas. Ele era vendido nos Estados Unidos e, por conta do seu tamanho, detinha um alto índice de capotagens. Com isso, o órgão regulador de segurança de trânsito estadunidense determinou que o referido veículo não era seguro e, para seguir sendo comercializado, deveria ser mais largo, mais longo e mais pesado. A partir dessa demanda, a Suzuki concebeu o Vitara, que viria a ser um sucesso absoluto de vendas.

Seguro para Samurai

Principais Modelos Suzuki Off-Road

Jimny

Seguro para Jimny

Criado em 1970, o Suzuki Jimny foi o primeiro 4×4 compacto produzido em massa. E, até, hoje, segue como carro símbolo da marca e segue vendendo bem. O Jimny é o 4×4 mais barato do mercado nacional e seu motor 1.3 não decepciona, tanto na estrada quanto fora dela.

Jimny Sierra

Seguro Jimny Sierra

A quarta geração do consagrado Jimny vem mais equipada e por isso ganha um novo nome. As principais diferenças estão na moldura da caixa de roda e do motor de 660 cilindradas, enquadro-o como um kei car. O modelo Sierra é ligeiramente mais alto e vem com câmbio automático.

Vitara

Seguro para Suzuki Vitara

O atual Suzuki mais vendido no Brasil ostenta um motor 1.6 de alumínio com 126 cavalos. Produzido desde 1989, o Vitara está em sua quarta geração e serve muito conforto e potência para o motorista.

S-Cross

Seguro para Suzuki S-Cross

O maior Suzuki em produção, o S-Cross vem com um motor 1.4 turbo de 146 cavalos. Com um sistema de tração inteligente capaz de se adaptar em terra ou neve, o carro também ostenta câmbio automático de 6 velocidades e tem um design singular para a categoria.

Modelos clássicos Suzuki Off-Road, mas descontinuados…

Samurai

Seguro para Suzuki em Aruja

O Suzuki Samurai surgiu em meados de 1970 e influenciou toda a produção de carros fora de estrada da Suzuki e de várias outras montadoras. Chamado primeiramente de Samurai LJ10 (LJ = Light Jeep, ou Jeep leve), ele é o antecessor direto do Jimny. O pequeno off road japonês impressionou por sua performance na terra e seu (pouco) tamanho. Ideal para as estreitas ruas japonesas, assim como as trilhas brasileiras.

SWIFT

Seguro para Suzuki Swift em São Paulo

Um dos primeiros importados a chegar às ruas brasileiras, em 1991, o Swift veio com versões sedan e hatch mirando em dois público e não acertou em nenhum. Logo sua importação foi cessada. Quase 20 anos depois, o modelo voltou ao Brasil, mas, agora, com uma pegada esportiva, com motor 1.6, clara e que mirava em um público mais jovem. Porém, o Swift rapidamente teve sua produção interrompida de volta e não se especula um retorno do carro ao país.

SX4

Seguro para Suzuki SX4

Comercializado no Brasil no curto período entre 2009 e 2015, o SX4 tinha motor 2.0 de 145 cavalos e opção de tração nas 4 rodas. O compacto médio japonês, porém, pecava em não ter assistente de rampa, controle de tração e estabilidade e airbags laterais, por exemplo. Com a interrupção de sua produção, a Suzuki logo lançou seu sucessor direto, o S-Cross.

Coberturas básicas de Seguro para Suzuki

Tenha um seguro para carro com suas principais coberturas e fique despreocupado.

Cobertura Colisão

Cobre dano parcial ou integral, por colisão, capotamento ou incêndio causado ao veículo.

Cobertura Roubo

Caso seu veículo seja roubado ou furtado, receba indenização conforme a contratação.

Cobertura Terceiros

Indenização em caso de danos materiais, corporais ou morais sofridos por terceiros.

Eventos Naturais

Cobertura para o veículo em caso de enchente, queda de árvore, raios, entre outros desastres naturais.

Coberturas adicionais de Seguro para Suzuki

Tenha um seguro para carro que oferece outras coberturas para você ficar tranquilo.

Cobertura Vidros

Troca ou reparo dos vidros, teto solar, retrovisores, lanternas e faróis de seu veículo.

Passageiros

Em caso de acidente, os danos corporais causados aos passageiros serão indenizados.

Carro Reserva

Em caso de reparo de seu veículo por perda parcial, você tem direito a um carro reserva.

Despesas Extras

Esteja garantido caso algum pertence que esteja no veículo seja danificado em um acidente.

Quais os tipos de cobertura de Seguro para Suzuki?

Compreensiva

Esta cobertura irá garantir casos de colisão por perda total e parcial, roubo ou furto, queda de objetos sobre o carro, queda de raio, incêndio, enchente, chuva de granizo, entre outros danos cobertos previstos em sua apólice. Também esta coberto por danos causados a terceiros, de acordo com o limite da cobertura contratada em sua apólice.

Roubo e Furto

Essa cobertura garante indenização caso seu veículo seja roubado ou furtado. Caso o carro segurado não seja encontrado, a seguradora irá garantir o valor ao proprietário legal do veículo conforme contratado em apólice, sendo que, atualmente, por padrão, a maioria das seguradoras utilizam a Tabela Fipe como base de valores para indenizar os veículos.

Roubo/Furto e Colisão por Perda Total

Essa cobertura, além de a companhia seguradora garantir indenização, caso o veículo segurado seja roubado ou furtado, irá garantir também, a indenização se, por conta de uma batida ou capotamento, o prejuízo do veículo fique acima dos 75% referente ao valor total do veículo segundo a Tabela Fipe.

Terceiros

Esta cobertura possui o nome técnico de Responsabilidade Civil Facultativa de Veículos (RCF-V). Com essa cobertura, a seguradora garantirá danos causados a terceiros, podendo ser, materiais, corporais e até mesmo, morais. As indenizações mais comuns são batidas em outros veículos, muros, portões, estabelecimentos, ou até mesmo atropelamento de pessoas. Ou até mesmo despesas judiciais ou extrajudiciais.

Roubo/Furto e Terceiros

Essa cobertura, além de garantir indenização, caso o carro segurado seja roubado ou furtado, irá indenizar também danos causados a terceiros, podendo ser, bens materiais, corporais, ou até mesmo, morais.

Acidentes Pessoais a Passageiros

Comumente chamada de APP, esta cobertura irá garantir a indenização a passageiros que no momento de um acidente de dentro do veículo segurado sejam amparados caso venha a sofrer ferimentos e estes encaminhados ao hospital, ou até mesmo se os passageiros vierem a falecer por conta do acidente a seguradora irá arcar com os custos.

Assistência 24 horas de Seguro para Suzuki

Tenha a disposição em seu seguro prestadores de serviços da sua companhia seguradora para serviços emergenciais no veículo e em sua residência, de maneira gratuita.

Guincho

Solicite o serviço de guincho da sua companhia seguradora quando for necessário, sem custos adicionais.

Pane Mecânica

Acione um prestador de serviços da sua seguradora para eventuais auxílios mecânicos em seu veículo.

Pane Elétrica

Tenha disponível um colaborador licenciado da seguradora para reparos elétricos em seu automóvel.

Troca de Pneu

Tenha auxílio de um prestador de serviços da sua companhia seguradora para eventual troca de pneu.

Chaveiro Veicular

Solicite um chaveiro para seu veículo indicado pela companhia seguradora sem qualquer custo adicional.

Assistência Residencial

Tenha a sua disposição prestadores de serviços de sua seguradora para realizar reparos genéricos em sua casa.

Perguntas frequentes de Seguro para Suzuki

Clique abaixo para sanar todas sua dúvidas sobre seguros.

Esta com dúvidas?

Porque contratar seguro com a Neon Seguros?

Com a Neon Seguros, você tem a garantia de proteção para o que mais importa. Deixe as preocupações de lado e desfrute de uma vida tranquila e segura. Se proteja e evite dores de cabeça. Faça a escolha certa para sua segurança e tenha a certeza de que sua tranquilidade esta em boas mãos. Garanta seu futuro e proteja seus bens e realizações com a Neon Seguros.

Seguradoras Parceiras

A Neon Seguros é parceira das melhores companhias de seguro do mercado brasileiro. Faça uma cotação conosco para saber os valores do seguro de cada companhia para seu automóvel. As seguradoras parceiras são: Porto Seguro, Azul Seguros, Tokio Marine, Bradesco Seguros, Mapfre, Liberty Seguros, Aliro Seguros, Zurich Seguros, Suhai Seguros, HDI Seguros, e Allianz Seguros.

Contato Seguradoras

Clique abaixo para ter acesso aos principais telefones de cada companhia de seguro.

Seguradoras

Curiosidades sobre Seguro para Suzuki

Qual a diferença entre Roubo e Furto?

A maioria das pessoas acredita que roubo e furto são a mesma coisa, mas estão enganadas. Roubo ocorre quando a vítima presencia o ato do criminoso, havendo contato entre agressor e vítima. Já o furto ocorre quando a vítima não percebe o crime no momento, sendo surpreendida posteriormente pela falta do bem subtraído.

Como é calculado o valor do seguro?

A seguradora calcula o valor do seguro com base no risco de o veículo sofrer qualquer tipo de sinistro. Para realizar tal orçamento são necessários cálculos atuariais que levam em conta probabilidade e estatística. A companhia analisa, principalmente, o modelo do veículo, dados do motorista, região que ele circula, idade e sexo dos principais condutores, bem como seu histórico de infrações.

O que é Apólice de Seguro Automóvel?

A apólice de seguro automóvel é um contrato que estabelece os direitos e obrigações da seguradora e do segurado. Nela estão presentes informações como dados do corretor, detalhes do veiculo, informações do segurado, coberturas contratadas, serviços oferecidos e valores pagos. É o documento que formaliza a cobertura e responsabilidade do seguro.

O que é uma Corretora de Seguros?

É a empresa autorizada pela SUSEP (Superintendência de Seguros Privados) a intermediar seguros entre o cliente e a seguradora. O papel da corretora de seguros se inicia a partir da solicitação de orçamento de um então cliente, auxiliando-o qual o melhor seguro que deverá contratar de acordo com as suas necessidades e perfil. Durante toda a cobertura será a corretora que irá dar total suporte ao segurado, desde solicitação de endosso, aviso e acompanhamento de sinistro e até mesmo na renovação do contrato.

O que é uma Seguradora?

A Seguradora é a empresa autorizada pela SUSEP (Superintendência de Seguros Privados) a garantir a cobertura descrita na apólice. A seguradora ficará responsável por receber os valores dos segurados e de pagar indenizações em caso de sinistro, ou seja, caso o risco segurado sofra um sinistro, desde que contratada as devidas coberturas na apólice, é a seguradora que irá indenizar o segurado por conta deste sinistro.

Exemplo:

Muitas pessoas confundem Corretora de Seguros com Seguradora, todavia são empresas bem distintas, por mais que trabalhem juntas, possuem papéis distintos em uma contratação de seguro.

O que é a SUSEP?

A Superintendência de Seguros Privados (SUSEP) é um órgão governamental responsável pela autorização, controle e fiscalização de seguros privados no Brasil. A entidade supervisiona o mercado de seguros, previdência, capitalização e resseguro. A SUSEP é uma autarquia vinculada ao Ministério da Economia. Sua principal função é estabelecer regras para o setor de seguros, e também fiscalizar as empresas do setor.

Como cotar um Seguro para Suzuki?

Listamos quais são o passo-a-passos para você fechar seu seguro conosco!

1ª Etapa
Preenchimento do questionário de risco:

Você responderá algumas perguntas sobre o seu veículo e perfil de motorista para que possamos oferecer um seguro adequado.

2ª Etapa
Cálculo do melhor seguro:

Com base nas informações que você forneceu, nosso sistema encontrará as melhores opções de seguro entre as nossas seguradoras parceiras.

3ª Etapa
Contato de um agente de seguros:

Um de nossos agentes de seguros entrará em contato para apresentar as melhores ofertas e esclarecer dúvidas.

4ª Etapa
Fechamento do negócio:

Depois de escolher a melhor opção, o agente de seguros irá auxiliá-lo na conclusão do processo de contratação.

5ª Etapa
Atendimento contínuo:

O agente de seguros ficará disponível para atendê-lo em caso de renovação, assistência ou sinistro.

Renovação seguro de outra corretora:

Se você já possui seguro por outra corretora de seguros é possível transferir sua apólice sem diminuir sua classe de bônus, desde que esteja perto da data final de vigência do seguro. Ao se aproximar da data de término do seguro, você pode nos contatar através do WhatsApp: (11) 93805-4433 ou clicando neste botão abaixo.

Caso você possua um seguro e está longe da data de término, mas quer alterar a corretora de seguros, também conseguimos lhe atender.

Sinistro de Seguro para Suzuki

O que é um Sinistro?

Sinistro é qualquer acontecimento em que o veículo segurado sofra um acidente ou prejuízo material, tais como: colisão, incêndio, roubo/furto, danos aos vidros, retrovisores, lanternas e faróis, e desastres da natureza. Os sinistros podem ser caracterizados como perda parcial ou total. Chamados de assistência 24h (guincho) para o veículo segurado, não se enquadram como sinistro.

Como abrir um Sinistro?

Para você que ainda não é segurado com a Neon Seguros, é muito importante registrar todo o acontecido do sinistro, local, data e horário. É muito importante também fotografar todo o ocorrido, e se houver outros veículos, anotar as placas e os dados do condutor do momento do sinistro. Para você segurado da Neon Seguros, pode entrar em contato conosco que iremos realizar todo o procedimento para você, desde a abertura do sinistro ao acompanhamento, até a finalização, sem gerar dor de cabeça ao segurado.

Sinistro perde classe de bônus?

Quando acionado o seguro de seu automóvel para sinistros do tipo colisão, incêndio, roubo/furto, danos a terceiros, entre outros sinistros possíveis no seguro automóvel, na renovação da apólice irá cair uma classe de bônus. Porém, sinistro de danos aos vidros, lanternas, retrovisores e faróis, quando acionados, não perderam classe de bônus. Lembrando que, chamados de Assistência 24h para o seu veículo não contabilizam como sinistro.

Mini dicionário de Seguro para Suzuki

Franquia

A Franquia é a participação obrigatória do segurado. Em uma colisão o segurado deverá pagar o valor da franquia para o concerto do bem, sendo o restado do valor do reparo encargo da seguradora pagar. O carro possui uma franquia para o veículo como um todo, descrita na apólice como Franquia Casco. Contudo algumas partes específicas dos carros possuem sua própria franquia, como os vidros, retrovisores, lanternas e faróis.

Exemplo:

Valor do Reparo: R$20.000,00 Franquia: R$4.000,00 (Valor pago pelo segurado) Restante: R$16.000,00 (Valor pago pela seguradora)

Prêmio

O Prêmio no seguro é o valor que deve ser pago à seguradora para garantir a cobertura do veículo. Nas apólices de seguro automóvel, existem dois principais valores para prêmio, o prêmio líquido, e o total. O Prêmio Líquido é o valor somado das coberturas e cláusulas do seguro, já o prêmio total, se refere à soma do prêmio líquido com o imposto, o Imposto sobre Operações Financeiras, que totaliza 7,38% para os seguros automóveis, valor destinado diretamente para o Estado.

Exemplo:

Prêmio Líquido é o valor somado das coberturas e cláusulas do seguro, por exemplo, R$1967,00, somando 7,38% de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) totaliza um prêmio total de R$2.112,16.

Vigência

A vigência se trata do período de validade do seguro. Esta data, tanto de início, como de término, vem descrita na apólice de seguro. Estas datas compreendem o período que o veículo segurado terá cobertura de determinada apólice. Na maioria dos seguros de automóveis o período de vigência do seguro é de um ano. A cobertura sempre começa a valer às 00 horas do dia, e se encerra às 00 horas da data final de validade do seguro.

Bônus

A Classe de Bônus, nada mais é que um indicativo que a seguradora utiliza para saber a experiência de risco de determinada apólice. Quanto maior a classe de bônus da apólice, maior será seu desconto. Nos seguros de automóveis, essa classe começa em 0, para apólices novas, e varia até 10, sendo seu máximo. A cada renovação sem sinistro, na hora da renovação, a apólice aumenta uma classe de bônus, porém, a cada sinistro ocorrido na vigência do seguro, cairá uma classe de bônus. É importante salientar que sinistros de vidros, retrovisores, lanternas e faróis não perdem classe de bônus.

Danos Parciais

Os danos parciais são quando os danos causados ao veículo segurado fiquem abaixo de 75% do valor do veículo segundo a Tabela Fipe para reparo. Ou seja, se tratando de um veículo com valor de Tabela Fipe de R$50.000,00, e o prejuízo causado por uma colisão ficou em R$30.000,00 para reparos, ainda é considerado uma perda parcial, no exemplo, para ser considerado danos parciais, o valor para reparo só poderia ser até R$37.500,00, mais do que isso, passa a ser considerado perda total do veículo.

Perda Total

A Perda Total em um veículo se caracteriza quando os valores para reparo de um veículo superem 75% do valor do veículo indicado pela Tabela Fipe. Por exemplo, se um veículo de R$70.000,00 se envolve em uma colisão, e os valores para reparo fiquem em R$55.000,00 será considerada perda total do veículo, ou conhecida mais popularmente como “PT”. Também é considerado Perda Total caso o veículo seja roubado ou furtado.

Principais Montadoras de Automóveis

Clique em cada fabricante e conheça um pouco mais sobre sua história e seus modelos.